PEV Entertainment
Twitter
Facebook
YouTube
Flickr
MySpace
RSS
Newsletter
  • Mariza1
    Ver mais
    MARIZA
  • ThumbnailRUIVELOSO
    Ver mais
    RUI VELOSO
Festivais
Festival MEO Marés Vivas
Sons do Mar
Quem gostaria de ver ao vivo em Portugal?

Arquivo

manuelcruz2
Manuel Cruz
Comprar Bilhetes para Manuel Cruz
20 de Julho | Praia do Cabedelo | Antiga Seca do Bacalhau
Manuel Cruz que atua no dia 20 de julho no Palco MEO do MEO Marés Vivas, lançou recentemente “Beija-Flor” e “Ainda Não Acabei”, os dois singles que servem de apresentação do seu novo álbum com lançamento marcado para o próximo mês de abril, que terá edição física e digital.

Em 2017, Manel Cruz voltou aos concertos, testou as águas para voltar a mergulhar nos discos e nas canções, com uma formação que inclui ukulele, banjo e teclados e os cúmplices Nico Tricot (voz, flauta transversal, teclados, guitarra), Edú Silva (voz, baixo, teclados) e António Serginho (percussão, teclados).

Informação do artista:
Facebook: https://www.facebook.com/manelcruzoficial/   
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCnNwx5Plv2fbkam6f4OWX9Q/  

Ver mais
FernandoDaniel&WefindyouMEOMV2018_2
Fernando Daniel e “We Find You
Comprar Bilhetes para Fernando Daniel e “We Find You
20 de Julho | Praia do Cabedelo | Antiga Seca do Bacalhau
PALCO SANTA CASA // MEO MARÉS VIVAS // APOIA A MÚSICA NACIONAL // 20 de Julho

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa associa-se pelo oitavo ano ao Festival MEO MARÉS VIVAS e apoia uma vez mais a cultura e a música nacional.

Para a SCML “a música é um meio privilegiado de ligação dos valores da marca a um target mais jovem (…) ” e na edição de 2018 do MEO MARÉS VIVAS vai dar novamente nome a um palco do festival: PALCO SANTA CASA.
                               
                                  
No primeiro dia do festival, 20 de Julho, sobem ao palco Santa Casa: “Fernando Daniel e “We Find You”.

Fernando Daniel

“Só a fazer música me sinto capaz de enfrentar qualquer coisa”. Fernando Daniel não seria o mesmo sem a música e foi essa determinação, a juntar ao talento enquanto intérprete e ao carisma que evidencia como performer, que o consagrou este ano como o grande vencedor do concurso televisivo “The Voice Portugal”.

 O jovem cantor de 21 anos, natural de Estarreja, estreia-se agora em nome próprio com um primeiro single, intitulado “Espera”. A canção, segundo conta o próprio Fernando Daniel, “relata a história de um casal em que o homem já passou por muitas coisas que o fizeram ficar com alguns defeitos prejudiciais para a relação e, por isso, pede à mulher que ela espere por essa pessoa melhor em que ele se vai tornar”.

Depois de vários anos a aprender música sozinho, de forma autodidata, de ter tentado a sua sorte nos concursos televisivos “Factor X” e “The Voice Portugal”, e de ter ainda concorrido este ano ao Festival RTP da Canção, a convite do maestro e compositor Nuno Feist, tendo ficado em quinto lugar com a canção “Poema A Dois”, agora a “Espera” chega finalmente ao fim com este primeiro single, cuja força emocional espelha a identidade singular de Fernando Daniel. 

Mas chegar onde chegou envolveu muito esforço e muita dedicação à música. Aliás, a música, numa primeira fase, chegou a ser uma espécie de tábua de salvação para o jovem cantor. “A minha relação com a música surgiu numa fase menos boa da minha vida. Vi, na música, uma forma de expressar tudo o que sentia e, desde então, foi fazendo cada vez mais sentido na minha vida”, afirma Fernando Daniel.

Com o single “Espera” inicia-se uma fase fulgurante na carreira de Fernando Daniel, cuja paixão pela música não o impede de sonhar alto: “[Ambiciono] ser um artista de renome, alguém que inspira outras pessoas através das suas ideias, das suas músicas e da sua personalidade artística. Sonho muito com o dia em que vou encher grandes palcos e ouvir ecoar o meu nome e as minhas letras. É para isso que trabalho e me dedico”.

Esse sonho está agora cada vez mais próximo da realidade. E já não é preciso esperar muito para que Portugal comprove o talento de Fernando Daniel. 

No mesmo dia sobem ao palco os WE FIND YOU - é um projeto que se inicia em 2015, em Braga, com David Dias (voz) e Miguel Faria (guitarra e coros). Depois de mais de um ano a juntarem-se todas as semanas para tocar, fazendo versões de temas e depois, por “curiosidade”, fazendo originais, decidiram tornar este hobby numa coisa mais séria. 

Apesar da formação clássica, David e Miguel participam em vários projetos, de diferentes vertentes musicais, o que os aproximou de uma sonoridade folk anglo-saxónica, com linhas melódicas simples, com influências que vão desde Radiohead ou Coldplay a Ray Lamontagne, Patrick Watson ou Matt Corby. 

As viagens, as histórias, o gosto pelo desconhecido, os momentos entre amigos, e o conhecer de novas pessoas inspiram o nome WeFindYou, ou seja, o desejo de levar música ao público, seja numa sala de espetáculos ou em sua casa. 

O conceito dos WeFindYou é de poder proporcionar um concerto intimista onde se faz uma viagem por diversos estados de espírito, é um concerto a dois, onde para além de tocar os seus temas, fazem algumas versões de temas que pertencem apenas a vozes femininas.


Ver mais
Mariza2
Mariza está de volta!
Comprar Bilhetes para Mariza está de volta!
Coliseu do Porto – 29 e 30 de Maio - 22h00 | Coliseu de Lisboa – 01 e 02 de Junho - 21h30


A mais internacional artista Portuguesa apresenta o sétimo album de estúdio em primeira mão nos Coliseus de Lisboa e Porto.

Em poucos anos, Mariza passou de um fenómeno local quase escondido, partilhado apenas por um pequeno círculo de admiradores portugueses, para uma das mais aplaudidas estrelas mundiais.

Reconhecida pela imprensa internacional como uma das melhores vozes de todos os tempos, Mariza tem colecionado galardões e distinções um pouco por todo o mundo, bem como nomeações para os mais importantes prémios mundiais e apresenta agora em primeira mão ao público português o seu mais recente disco.



Ver mais
Rui2
RUI VELOSO
Comprar Bilhetes para RUI VELOSO
5 MAIO 2018 – MULTIUSOS DE GUIMARÃES
Cantor, compositor e guitarrista, começou a tocar harmónica aos seis anos. Mais tarde deixar-se-ia influenciar por B.B. King e Eric Clapton, lançando com vinte e três anos, o álbum que o projetou no panorama da música nacional, Ar de Rock, dele fazia parte a faixa Chico Fininho, um dos maiores sucessos da obra de Rui Veloso e de Carlos Tê, seu letrista.

Rui Veloso, apresenta-se no Multiusos de Guimarães, no dia 5 de maio de 2018, para um concerto memorável.

O músico irá revisitar os mais importantes temas da sua carreira, que marcaram várias gerações, levando a plateia ao rubro. Temas como: “Não há Estrelas no Céu”,“Chico Fininho”, “Jura”, “Porto Covo”, “Sei de Uma Camponesa”, e “Nunca Me Esqueci de Ti” – são alguns dos êxitos que se irá ouvir neste concerto tão especial.

Ver mais
Thumbnail DAMA (1)
D.A.M.A
Comprar Bilhetes para D.A.M.A
9 Fevereiro | Campo Pequeno | Lisboa
Por motivos de atraso na gravação e consequente edição do novo álbum dos D.A.M.A e por toda a sua complexidade técnica deste espectáculo, fomos obrigados a adiar o espectáculo que se iria realizar no dia 25 de Novembro, no Campo Pequeno em Lisboa.

O concerto da banda já tem nova data marcada para o dia 09 de Fevereiro de 2018.

Todos os bilhetes comprados para o dia 25 de Novembro mantêm-se válidos para a nova data.

Quem pretender efectuar a devolução do bilhete poderá fazê-lo, no respectivo local de compra, no prazo máximo de 30 dias, após o dia 25 de Novembro.

Os D.A.M.A e toda a organização lamentam todos os inconvenientes causados e esperam poder contar com todos os fãs na próxima data para um concerto memorável.

______________________


NOVO SINGLE “OQUELÁVAI” ESTREIA HOJE NAS RÁDIOS NACIONAIS.

JÁ DISPONÍVEL DIGITALMENTE EM TODAS AS PLATAFORMAS.

OUVE AQUI

 

“OQUELÁVAI” FAZ PARTE DO NOVO ÁLBUM “LADO A LADO” QUE SERÁ EDITADO A 24 DE NOVEMBRO.

“OQUELÁVAI” é o novo single de antecipação do próximo trabalho discográfico dos D.A.M.A, intitulado “LADO A LADO”, que tem edição agendada para 24 de Novembro. O tema estreia hoje, 23 de Outubro, nas rádios nacionais e já se encontra disponível digitalmente.

No próximo dia 9 de Fevereiro, o grupo apresentará o novo álbum “Lado a Lado” ao vivo no Campo Pequeno. O novo registo de originais do grupo já deu a conhecer os temas “PENSA BEM” (feat. ProfJam) e “NÃO COMECES” que, juntamente com “ERA EU”, já se encontram disponíveis digitalmente e que também servem de avanço ao novo álbum.

Depois de terem actuado na Meo Arena e tendo esgotado por duas vezes o Campo Pequeno, o grupo de Miguel Coimbra, Francisco ‘Kasha’ Pereira e Miguel Cristovinho irá regressar a esta emblemática sala lisboeta no próximo dia 9 de Fevereiro para um concerto verdadeiramente único, onde irá apresentar ao vivo o muito aguardado novo trabalho.

 

Ver mais
Metallica2
METALLICA | Concerto Esgotado
Comprar Bilhetes para METALLICA | Concerto Esgotado
1 de Fevereiro de 2018 na MEO Arena, em Lisboa

 

 Digressão mundial de promoção a “Hardwired... To Self-Destruct” passa por Lisboa

1 de fevereiro de 2018 na MEO Arena, em Lisboa Bilhetes à venda a partir de 24 de março


Cartaz Metallica4

Os Metallica acabam de anunciar as datas europeias da digressão “WorldWired Tour”, de promoção ao novo álbum “Hardwired… To Self-Destruct”, sendo que Lisboa é uma das datas contempladas. O grupo norte-americano regressa assim a Portugal no início do próximo ano, a 1 de fevereiro de 2018, à MEO Arena. A digressão arranca com dois concertos em Amesterdão, nos dias 4 e 6 de setembro. Os noruegueses Kvelertak vão fazer as primeiras partes da digressão. 

Os bilhetes estarão disponíveis em regime de pré-venda para membros do Legacy Met Club a partir da próxima terça-feira, 21 de março, pelas 9h da manhã, enquanto os bilhetes de todos os Fifth Members dos Metallica ficarão disponíveis em pré-venda a partir das 10h do mesmo dia. Os ingressos serão colocados à venda ao público em geral a 24 de março, sexta-feira. Consulte www.metallica.com para todas as informações quanto a bilhetes.

Os bilhetes que forem adquiridos nas lojas oficiais incluem o álbum “Hardwired… To Self-Destruct”, em formato físico e digital, edição standard. Serão enviadas informações mais detalhadas por e-mail  quanto a esta oferta, sendo que em caso de já se ter o disco é possível oferecê-lo, informações que também serão dadas via e-mail. A versão física do álbum acresce taxas de envio.

Os Metallica associaram-se à CID Entertainment para oferecer três opções que permitem uma experiência mais completa desta digressão, incluindo bilhetes premium e outras facilidades, acesso prévio à sala de espetáculos, uma visita à exposição de memorabilia “Memory Remains”, bem como meet & greets, através dos quais é possível conhecer a banda. Para informações detalhadas quanto a estas ofertas consulte: 

http://www.cidentertainment.com/events/metallica-europe-tour-2017/ 

Hardwired… To Self-Destruct” foi lançado a 18 de novembro de 2016, com o selo da Blackened Recordings, dos próprios Metallica, tendo entrado para o 1.º lugar dos tops de vendas em todo o mundo, ultrapassando as 800 mil cópias vendidas na semana de lançamento. O álbum foi produzido por Greg Fidelman com James Hetfield e Lars Ulrich e está disponível em vários formatos em www.metallica.com. 

Em Portugal, o álbum também teve entrada direta para o 1.º lugar do top de vendas, tendo atingido o Galardão de Ouro.

Hardwired… To Self-Destruct” foi bastante aplaudido pela crítica. O New York Times escreveu: “Os Metallica abraçaram a idade adulta, reclamando o ataque da sua música, ao mesmo tempo que colocam de parte a imagem de banda hard rock jovem, veloz e fora de controlo”. “Em ‘Hardwired’ os Metallica voltam ao terror vintage dos anos 80”, escreveu a Rolling Stone. O The Guardian afirmou: “Os Metallica acabam de fazer o seu melhor disco em 25 anos”, enquanto a NME referiu: “Os Metallica mantêm-se vitais e inovadores”.

Informações:

01 de Fevereiro 2018

MEO ARENA - Lisboa

Preços de bilhetes: 50 a 80 euros

SOBRE METALLICA

Os Metallica foram formados em 1981 pelo baterista Lars Ulrich e pelo guitarrista e vocalista James Hetfield e tornou-se uma das mais influentes e comercialmente bem sucedidas bandas de rock na história, tendo vendido 110 milhões de álbuns em todo o mundo enquanto toca para milhões de fãs em literalmente todos os sete continentes. Compilaram vários álbuns multiplatina, incluindo o “Metallica” de 1991, conhecido por “The Black Album”, com vendas de quase 17 milhões de cópias nos Estados Unidos, tornando-o o álbum mais vendido da história da Soundscan. Metallica também recebeu inúmeros prémios e elogios, incluindo nove Grammy Awards, dois American Music Awards e vários MTV Video Music Awards, e foram induzidos no Rock and Roll Hall of Fame e Museum em 2009. Em Dezembro de 2013, os Metallica fazem história quando dão um concerto raro na Antártida, tornando-se a primeira banda a tocar em todos os sete continentes num ano, o que lhes rendeu um lugar no Guinness Book of World Records.

SOBRE KVELERTAK

Formada em Stavanger, na Noruega, Kvelertak é uma banda vencedora de prémios e aclamada pela crítica em todo o mundo, além de quatro prémios Spellemann conquistados. Lançaram três álbuns. O seu mais recente LP, “Nattesferd”, obteve os elogios "Most Anticipated" da Rolling Stone, Stereogum e Consequence of Sound, aquando do seu lançamento em Maio de 2016 e rapidamente estabeleceu-se como um dos mais aclamados lançamentos do ano. Stereogum escolheu “Nattesferd” como o álbum #16 na sua lista dos "50 melhores álbuns de 2016", afirmando: "... é um estimulante convite para um mundo inteiro", e a Rolling Stone elogiou a coleção nos seus "Best Metal Records of 2016" afirmando, "... Kvelertak tornaram-se no crossover mais atraente e convincente do heavy metal".


Cartaz Metallica 2018

Ver mais
AlterBridge2
ALTER BRIDGE
Comprar Bilhetes para ALTER BRIDGE
29 Outubro - Coliseu Lisboa
Fenómenos do rock musculado, os ALTER BRIDGE vêm a Portugal apresentar a novidade «The Last Hero». 

Já depois de terem completado uma vitoriosa campanha do outro lado do Atlântico, na América do Sul e de terem feito uma passagem veraneante pela Europa, os titãs do hard rock ALTER BRIDGE preparam-se agora para conquistar de vez o velho continente.

A The Last Hero Tour tem paragem marcada em Portugal no dia 29 de Outubro e o Coliseu dos Recreios, em Lisboa, vai receber uma banda em estado de graça. Comandada por Myles Kennedy, famoso pela sua associação a Slash na aventura a solo do guitarrista dos Guns N' Roses, por esta altura o quarteto norte-americano – cuja formação fica completa com ¾ dos Creed – conta já com mais de uma década de carreira sólida. Um percurso constante, apoiado com solidez em canções construídas a partir de riffs e vocalizações fortes, alicerçadas em ganchos orelhudos, uma distorção musculada e solos e arranjos exuberantes, sem nunca descurar a dose de melodia
necessária para manter o público atento.
Sem surpresas, é exatamente nessa fórmula testada com sucesso – os cinco álbuns que lançaram até ao momento entraram todos, sem exceção, na tabela de vendas nos Estados Unidos – que têm baseado o seu ouput criativo, espelhado em registos tão bem-sucedidos
comercialmente como a estreia «One Day Remains», «Blackbird», «AB III» ou «Fortress» – de 2004, 2007, 2010 e 2013, respetivamente – e, já em 2016, «The Last Hero». Editado no dia 7 de Outubro do ano passado, o quinto álbum dos ALTER BRIDGE mostrou o quarteto oriundo de Orlando, na Florida – formado por Myles Kennedy (voz e guitarra), Mark Tremonti (guitarra e voz), Brian Marshall (baixo) e Scott Phillips (bateria) –, a elevar de forma muito inteligente os seus níveis de excelência. Usando como fonte de inspiração o “heroísmo intemporal”, as 13 canções de «The Last Hero» transformaram-se numa espécie de missão de conquista pessoal para os quatro músicos e, no final, o resultado é, a todos os níveis, avassalador. Não havia, de resto, grande volta a dar – “Os heróis fazem força para nos destacarmos.
A sua vontade, coragem e sacrifício podem trazer o melhor do mundo ao seu redor”, explica o poético press-release que acompanha de «The Last Hero». Composto na ressaca do pico criativo atingido com o seu lançamento anterior – «Fortress» trepou de imediato ao #12 no Top 200 da Billboard e vendeu mais de 30,000 cópias só na semana em que foi posto à venda, tendo sido elogiado de forma unânime por parte da crítica –, Kennedy e companhia só podiam mesmo almejar ainda um pouco mais. Depois das pontuações máximas em revistas como a Total Guitar e a KERRANG!, das tours esgotadas na Europa e nos Estados Unidos, das aparições no VH1 e até na capa da Classic Rock, quando chegou de novo a hora de escrever, os ALTER BRIDGE não tiveram outra alternativa senão fazer ainda mais e melhor e, verdade seja dita, não deixaram créditos por mãos alheias.

Os bilhetes para o concerto custam 32€ (plateia em pé) e 35€ (camarotes), à venda a partir do dia 19 de Julho, nos locais habituais.

Bilheteira Online (https://www.bol.pt) e Coliseu Lisboa (https://coliseulisboa.bol.pt/).
Espanha: Masqueticket (www.masqueticket.com).
Websites: www.alterbridge.com // www.facebook.com/alterbridge
Ver mais
ASLIONS2
AS LIONS
Comprar Bilhetes para AS LIONS
29 Outubro - Coliseu Lisboa
Com a muito aplaudida estreia «Selfish Age» na bagagem, os AS LIONS -- liderados por Austin Dickinson, filho do ilustre Bruce Dickinson, vocalista dos Iron Maiden -- , vão fazer as honras da abertura do concerto dos norte-americanos ALTER BRIDGE, no próximo dia 29 de Outubro, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

AS LIONS, a banda liderada por Austin Dickinson, filho do ilustre Bruce Dickinson, vocalista dos Iron Maiden, vai fazer as honras da abertura do concerto dos norte-americanos ALTER BRIDGE, marcado para o próximo dia 29 de Outubro, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Tendo liderado os Rise To Remain até há dois anos, a dada altura Austin decidiu voltar à estaca zero e deixar de vez para trás o metalcore que dominou o percurso do grupo londrino durante quase uma década. Para tal, criou os AS LIONS que, após um muito bem recebido EP e uma rota do outro lado do Atlântico ao lado dos Five Finger Death Punch, Shinedown e SIXX:A.M. como parte integrante de uma das package tours mais badaladas do final de 2016, lançaram – no início deste ano – o álbum de estreia, «Selfish Age».

Recuperando três quintos da última formação dos Rise To Remain – Dickinson na voz, Will Homer e Conor O' Keefe nas guitarras – a banda fica hoje completa com a sessão rítmica composta pelo baixista Stefan Whiting e pelo baterista Dave Fee e, apesar de adotar uma sonoridade assumidamente contemporânea, acaba por revelar uma paleta de influências muito mais vasta do que discos como «Bridges Will Burn» ou «City Of Vultures» poderiam fazer crer à partida. Com menos enfoque nos leads e nos breakdowns, temas como «The Great Escape» «Aftermath» ou «World On Fire» apresentam uma versão musculada do rock moderno, apoiado em canções alicerçadas em riffs balançados, melodias pegajosas, ocasionais toques eletrónicos, arranjos cinemáticos e refrões orelhudos.

Links:
Website: www.aslionsband.com 
Facebook: www.facebook.com/AsLionsBand 

Videoclip:
As Lions - Aftermath
https://www.youtube.com/watch?v=TmI4uqsPrq8
Ver mais
© 2010 PEVENTERTAINMENT Todos os direitos reservados
Powered By Wiremaze