PEV Entertainment
Twitter
Facebook
YouTube
Flickr
MySpace
RSS
Newsletter
  • Metallica
    Ver mais
    METALLICA | Concerto Esgotado
  • ThumbnailDama
    Ver mais
    D.A.M.A
  • Rui1
    Ver mais
    RUI VELOSO
  • GOGODOOLSMEOMV2018
    Ver mais
    Goo Goo Dolls
  • KodalineMEOMV2018
    Ver mais
Quem gostaria de ver ao vivo em Portugal?

Arquivo

ThumbnailAnaMoura2
ANA MOURA
Comprar Bilhetes para ANA MOURA
SÁBADO 18 2015 PALCO MEO MARÉS VIVAS
A MADRINHA DA EDIÇÃO 2015

Não há outra voz no fado como a de Ana Moura. Uma voz que se passeia pela tradição livremente, sem deixar de flirtar elegantemente com a música pop, alargando de uma forma muito pessoal o raio de acção da canção de Lisboa.

Mas aquilo que a distingue não é apenas um timbre grave e sensual como há poucos - Ana Moura transforma instantaneamente em fado qualquer melodia a que encoste a sua voz. É um rastilho imediato, uma explosão emocional disparada sem contemplações ao coração de quem a ouve.

Do seu canto, sabemos apenas que nasceu no fado. Nunca saberemos onde termina.
Ver mais
JAMIE2
JAMIE CULLUM
Comprar Bilhetes para JAMIE CULLUM
SÁBADO 18 DE JULHO // PALCO MEO
O multifacetado pianista, cantor e compositor JAMIE CULLUM vai actuar no MEO MARÉS VIVAS no dia 18 de Julho, dono de uma presença em palco bastante invulgar, promete agitar bem as marés.

O músico britânico, um astro maior do Jazz, deixou a sua marca no mundo da música através da sua originalidade e criatividade: sabe como ninguém polvilhar o Jazz com sons contemporâneos e Pop. Mas sem esquecer a multiplatina com “Twentysomething”, todo o seu conhecimento e amor pela música que o fizeram crescer nos palcos de todo o mundo.

Aos 19 anos Jamie Cullum grava o seu primeiro álbum “Heard it all Before”, numa edição de autor limitada a um número muito reduzido de exemplares. Foram nomes como Herbie Hancock ou Miles Davis que o inspiraram e hoje Jamie Cullum, compõe, grava e actua – num estilo só seu e é por isso considerado o artista de Jazz britânico mais bem-sucedido de sempre, tendo já vendido mais de 10 milhões de álbuns em todo o mundo.

Esqueleto de Jazz e pele de Pop – assim o é JAMIE CULLUM. Venceu um Grammy, dois Globos de Ouro, dois GQ Man of the Year, três Brit, três Sony Radio e entre tantos outros prémios e nomeações, Jamie Cullum é um caso de sucesso em todo o planeta. O à vontade em palco a que nos habituou constitui uma marca nos seus espectáculos e tem por isso todos os olhos postos em si.

Depois do segundo álbum, "Pointless Nostalgic" (2002), a notoriedade de Jamie Cullum subiu em flecha, o que valeu ao jovem britânico um contrato com a Universal. O primeiro registo lançado pela nova editora, "Twentysomething" (2003), alcançou o galardão de Disco de Platina e tornou-se no disco de estúdio mais vendido de sempre no Reino Unido, por um músico de Jazz, muito por conta de temas como o original ‘All At Sea’ e as versões de ‘Everlasting Love’ (U2, Gloria Estefan) e do clássico ‘Singing In The Rain’, imortalizado no musical com o mesmo nome. ‘High And Dry’ (Radiohead) e ‘Frontin’ (Pharell Williams) são outros temas recriados com assinalável mestria pelo “menino-prodígio” nos primeiros anos de carreira. A quarta longa-duração, "Catching Tales" chegou passado dois anos. Composto por um alinhamento misto, dividido entre originais e versões, como é habitual na carreira de Cullum, deu como frutos os singles ‘Mind Trick’, ‘Photograph’ e ‘Get Your Way’. Em Novembro de 2009 chega o novo álbum, "The Pursuit", no qual Jamie Cullum volta a deslumbrar. ‘I’m All Over It’ e a versão de ‘Don't Stop The Music’, de Rihanna, são os cartões-de-visita do quinto trabalho do músico, que serve de base à digressão europeia com passagem garantida por Portugal.

Em 2011 lança “Momentum” que já granjeou, entre outros, a "Rising Star", prémio reconhecido pelo evento The British Jazz Awards. Mais recentemente lançou o álbum “Interlude”: este novo álbum foi produzido por Ben Lamdin, que trabalha sob o nome Nostalgia 77 e centra-se numa sonoridade jazz. “Interlude” ainda conta com a participação de Laura Mvula e Gregory Porter, que participa no primeiro single “Don’t Let me Be Misunderstood”.

O MEO MARÉS VIVAS no dia 18 de Julho, no palco MEO prepara-se para receber Jamie Cullum, com a garantia de um grande concerto. A personalidade de Jamie Cullum é, no mínimo eclética.

O seu programa de rádio é o mais escutado pelos aficionados do género na Europa - BBC RADIO2.
“Interlude” - são 12 novas canções, gravadas à maneira antiga, como nos primórdios do jazz, numa só sala e com músicos de eleição.

Neste novo trabalho, Jamie põe também em uso outra das suas paixões, a fotografia. Com a ajuda do fotógrafo e amigo Michael Agel, o músico partilha no disco e no seu livreto alguns exemplos do seu talento atrás da câmara.
A estrela maior do Jazz, JAMIE CULLUM, dia 18 de Julho no MEO MARÉS VIVAS.

MAIS INFORMAÇÃO ARTISTA:
https://www.facebook.com/jamiecullum
http://www.jamiecullum.com/home
Ver mais
Buraka2
BURAKA SOM SISTEMA
Comprar Bilhetes para BURAKA SOM SISTEMA
17 JULHO 2015 | PALCO MEO

Juntar o que de melhor se faz em Portugal, são os elementos essenciais para um espectáculo memorável  no MEO MARÉS VIVAS.

As cores nacionais vão ser bem representadas pelos arrebatadores BURAKA SOM SISTEMA, o nome incontornável do Reggae, RICHIE CAMPBELL  e o cativante MIGUEL ARAÚJO.

Estão escolhidas mais três bandas nacionais para integrar o cartaz do MEO MARÉS VIVAS e se juntarem assim a Ana Moura: Richie Campbell actua no primeiro dia do festival, já os Buraka Som Sistema, por sua vez, sobem ao palco do festival a 17 de Julho e, integra também o cartaz no mesmo dia, o talentoso  Miguel Araújo.

MAIS INFORMAÇÃO ARTISTA:

BURAKA SOM SISTEMA

http://www.buraka.tv/

https://www.facebook.com/burakasomsistema

Ver mais
Lenny2
LENNY KRAVITZ
Comprar Bilhetes para LENNY KRAVITZ
SEXTA 17 JULHO 2015 | PALCO MEO
LENNY KRAVITZ é a primeira grande confirmação para o Festival MEO MARÉS VIVAS 2015, o Ícone ousado, irá passar pelo MEO MARÉS VIVAS a 17 de Julho para mostrar porque motivo é considerado um dos músicos de Rock mais importantes do nosso tempo.

A 17 de Julho, o 2º dia da edição de 2015 do MEO MARÉS VIVAS promete ser memorável e Lenny Kravitz será a prova disso.

Considerado como um dos músicos de Rock mais proeminentes da nossa época, Lenny Kravitz transcendeu o género, o estilo, a raça e a classe na sua longa carreira de mais de 20 anos – contando com ricas influências dos anos 60 e 70 – muito Rock, Funk e Soul.

Os talentos de Lenny enquanto escritor, produtor e multi-instrumentalista ressoaram agora ao fim de 10 álbuns de estúdio. Com mais de 38 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo, o sucesso musical de Kravitz já lhe deu muitas oportunidades para cumprir e mostrar o seu lado mais criativo. Com incursões pelo cinema, apareceu no filme “Precious”, no sucesso de bilheteira “The Hunger Games” e “Catching Fire”, assim como Lee Daniels “The Butler”, ao lado de Forest Whitaker, Oprah Winfrey e Cuba Gooding Jr., além da sua música e trabalhos no cinema, Lenny lançou uma empresa criativa – KRAVITZ DESIGN INC – que fornece serviços de design, desenvolvimento do produto e Branding.

No MEO MARÉS VIVAS, a 17 Julho irá subir ao palco para também nos dar a conhecer o seu mais recente trabalho – “STRUT” lançado no dia 23 de Setembro [2014] pela editora Roxie Records / Kobalt Label.

Este último álbum de Kravitz, que o público do MEO MARÉS VIVAS vai conhecer é Rock no seu estado mais puro, com batimentos rítmicos fortes, explora o desejo nas mais variadas formas: físico ou idealizado. São doze canções de libertação, que assentam que nem uma luva no coração e foi essa a intenção de Lenny.

Depois de muitos sucessos, este é o momento perfeito para chegar ao cerne da questão e segundo o músico: “Este álbum trouxe-me de volta a um lugar que eu amo tanto sobre a música”, diz ainda “(…) de volta aos sentimentos que tive quando andava no liceu (…) é um disco de rock & roll verdadeiro, é cru e tem alma”. O primeiro single “The Chamber” é já um enorme sucesso e a tournée teve início a 22 de Outubro, em Moscovo, no Crocus City Hall.
Ver mais
MiguelAraujo2
MIGUEL ARAÚJO
Comprar Bilhetes para MIGUEL ARAÚJO
17 JULHO 2015 | PALCO MEO

Juntar o que de melhor se faz em Portugal, são os elementos essenciais para um espectáculo memorável  no MEO MARÉS VIVAS.

As cores nacionais vão ser bem representadas pelos arrebatadores BURAKA SOM SISTEMA, o nome incontornável do Reggae, RICHIE CAMPBELL  e o cativante MIGUEL ARAÚJO.

Estão escolhidas mais três bandas nacionais para integrar o cartaz do MEO MARÉS VIVAS e se juntarem assim a Ana Moura: Richie Campbell actua no primeiro dia do festival, já os Buraka Som Sistema, por sua vez, sobem ao palco do festival a 17 de Julho e, integra também o cartaz no mesmo dia, o talentoso  Miguel Araújo.


MAIS INFORMAÇÃO ARTISTA:

MIGUEL ARAÚJO

https://pt-pt.facebook.com/miguelaraujojorge

http://www.miguelaraujo.pt/

Ver mais
Thumbnail2kika
KIKA
Comprar Bilhetes para KIKA
17 JULHO 2015 | PALCO MEO
E no dia 17 de Julho sobe ao Palco MEO: Francisca Osório de Castro que é mais conhecida por KIKA, portuense de gema é considerada a artista revelação mais impactante do panorama muscical português. Com o seu álbum de estreia “Alive”, conquistou em 2013 as playlists das principais rádios nacionais – tendo o single “Guess It´s Allright” atingido o top de vendas. Gravado por RedOne, esta música serviu de cartão de visita para a cantora e dá-lhe uma maior dimensão internacional atraves da sua voz única e rara.

Uma “future Star” como lhe chamou RedOne, o maior produtor e vencedor de vários Grammys, já trabalhou com Lady Gaga, Michael Jackson, Mary J. Blige, entre outros. Foi no colegio que frequenta desde os 3 anos (CLIP) que teve uma aprendizagem bilingue e domina o inglês, foi também no colégio que desenvolveu a paixão pela música – aos 5 anos aprende a tocar piano e a música instala-se em definitivo na sua vida com o músico britânico Dan McAlister. Quando se deu conta estava no Twin Peaks Recording Studio ao lado de Adam Fuest – músico que trabalhou com Cure.

E muito rapidamente surge “Alive” – o seu álbum de estreia e o single”Guess It´s Allright” é elevado a outro patamar através de RedOne, que se rende à voz e talento de Kika. A musica entra no airplay nacional e chega ao top da Rádio Comercial – a rádio número 1 em Portugal, conseguindo ainda o nº1 no Itunes Store (Portugal).

Com mais dois temas a rodar: “Love Life”, um dueto com o francês John Mamann e “I Want You Back” uma versão dos Jackson 5 – que serviu de base a uma campanha publicitária.

Sobe ao palco do MEO do MEO MARÉS VIVAS no dia 17 de Julho, dia em que actuam Lenny Kravitz, Miguel Araújo e Buraka Som Sistema e vem nos mostrar porque é considerada uma promessa de sucesso para o futuro da música nacional.

Ver mais
Thumbnail2Jimmy
Jimmy P
Comprar Bilhetes para Jimmy P
dia 17 de Julho
Jimmy P, alter ego para Joel Plácido, nasceu no Barreiro, mas a sua história está associada a várias geografias nomeadamente Angola da qual é natural, Paris onde viveu durante o período da adolescência e a cidade Invicta onde começa a dar os primeiros passos na música.

Irá actuar no MEO MARÉS VIVAS em dia ainda a definir e, dará aos seus fãs mais um motivo para o verem e ouvirem naquele que é o maior palco a Norte dos festivais de Verão.

Foram precisamente o gosto e o hábito de ouvir Rap, adquiridos no tempo que viveu em Paris, e a influência de outros estilos musicais diversos herdados pelo seu pai (Semba, Morna, Coladera, Salsa, Reggae, Jazz), que despertaram a sua apetência para a escrita, levando-o a passar para o papel as suas vivências, e a forma como via o mundo.

Seguiu-se um processo natural de maturação e crescimento musical que origina o aparecimento de Jimmy P como artista solo. As diversas participações em projectos de renome como a coletânea "Rascunhos" (produzida por Conductor dos Buraka Som Sistema) e o tema "Melhores Anos" com Valete, associados às colaborações com artistas como Chullage ou Bezegol, confirmam o seu estatuto de artista independente aclamado e ouvido no panorama da música cantada em português, onde tem milhares de seguidores.

Em 2013 Jimmy P coloca nas lojas o primeiro longa duração #1 que surpreendeu crítica e público. O disco esgotou em pouco mais de um mês e deu origem a uma tour intensa de espetaculos que o têm levado a percorrer o país de Norte a Sul. A fusão do Hip-Hop, Reggae, R&B e Rock aliados a uma performance de grande nível tornam-no um artista singular e camaleónico, desejado pela maioria dos promotores. Para responder às exigencias do mercado, Jimmy P apresenta-se em dois formatos: showcase adaptado a clubes e auditórios com um Dj e um Mc de apoio, e em formato live band adaptado a actuações ao ar livre ou em palcos maiores.

A finalizar o ano de 2014, Jimmy P lança para a internet “Marcha”, a primeira faixa a ser revelada do novo disco e que conta com as rimas de Valete e produção de Dj Ride. Quase em simultâneo, o rapper sobe ao palco dos Portuguese Festival Awards para actuar com uma orquestra, acabando por vencer na categoria de Melhor Atuação – Artista Revelação

O ano 2015 marca o regresso de Jimmy P às edições. “FVMILY F1RST”, assim se chama a segunda longa duração.

Intitulado “Fvmily F1rst” (lê-se family first), o disco sai com o selo da recém criada editora Kambas, fundada por Fred Ferreira (Orelha Negra/Banda do Mar), e tem distribuição nacional Sony Music. São para já conhecidos dois temas: “Marcha” que foi disponibilizado para a web em Novembro através do canal de soundcloud do rapper, e ainda o single “On Fire” que já se ouve nas rádios nacionais, acumula mais de 350.000 visualizações em pouco mais de três semanas, e que nas próprias palavras de Jimmy P “é o tema que melhor ilustra aquilo que é este álbum – um crossover entre o rap e o rn’b”.

“Fvmily First” foi gravado integralmente nos estúdios profissionais da Sine Factory, com mistura e masterização a cargo de Michael Ferreira que co-produziu executivamente este disco, à semelhança do que aconteceu no antecessor #1. Feito em colaboração com vários músicos e produtores, o segundo longa duração de Jimmy P conta com produções de Dj Ride Agir, Fred (Orelha Negra), J-Cool, e Francisco Reis, e traz também alguns featurings nomeadamente com Valete, Agir que empresta a voz no tema “2 dias”, JêPê, e D-Ro.

Para este “Fvmily First” o rapper apostou num álbum mais coeso e menos diversificado em termos sonoros que o antecessor #1, trazendo para a lírica o tema das relações humanas e da valorização do individuo. Segundo Jimmy P “este é um disco sincero, honesto e frontal que fala da importância dos sentimentos e da dignidade acima de tudo o que é material”.

MAIS INFORMAÇÃO ARTISTA:

JIMMY P

http://www.letsgetlost.pt/451/jimmy-p#info

https://www.facebook.com/OfficialJimmyP?fref=ts

https://www.facebook.com/OfficialJimmyP?fref=ts

https://instagram.com/officialjimmyp/

Ver mais
Blind Zero2
Blind Zero
Comprar Bilhetes para Blind Zero
16 JULHO 2015 | PALCO MEO
No mesmo dia de John Legend, John Newman e Richie Campbell, sobem ao palco os carismáticos BLIND ZERO.

Com milhares de discos vendidos, sete álbuns editados e um DVD ao vivo gravado em Milão para a MTV, os Blind Zero contam já com 20 anos de carreira e são muitos os motivos para celebrar. 

Tendo como banda sonora o novo single com Sandra Nasic, dos Guano Apes, retirado do novo álbum “Kill Drama II” – onde também podemos encontrar duetos com Marta Ren, Fernando Ribeiro (Moonspell), Mark Kozelek (Red House Painters), Pedro Abrunhosa, entre muitos outros – os Blind Zero irão apresentar no MEO MARÉS VIVAS um espectáculo eletrizante e cheio de energia onde os emblemáticos "Recognize", "Trace", "Shine On" e "Slow Time Love" não ficarão esquecidos.

Sem nostalgia, e com a mesma força com que se formaram em 1994, os Blind Zero revelam-se em palco onde a cumplicidade dos seus elementos é contagiante. 

Ao longo de duas décadas, são muitos os motivos de orgulho, afinal trata-se da primeira banda de rock cantado em inglês a atingir o galardão de ouro em Portugal; a receber o primeiro prémio da MTV para Best Portuguese Act e a gravar um DVD ao vivo em Milão; a vencer o concurso europeu SCYPE com o original “My House”; a percorrer as cidades do Porto, Coimbra e Lisboa em cima de um autocarro para celebrar os 13 anos de carreira; e a tocar suspensos a 10 metros do chão num concerto memorável e único. 

No dia 16 de Julho, a não perder no MEO MARÉS VIVAS, na mesma cidade que os viu nascer.

MAIS INFORMAÇÃO ARTISTA:
https://www.facebook.com/Blindzero
http://www.blindzero.net
https://www.youtube.com/user/BlindZeroMusic
Ver mais
© 2010 PEVENTERTAINMENT Todos os direitos reservados
Powered By Wiremaze