PEV Entertainment
Twitter
Facebook
YouTube
Flickr
MySpace
RSS
Newsletter
  • Mariza1
    Ver mais
    MARIZA
  • ThumbnailRUIVELOSO
    Ver mais
    RUI VELOSO
  • JossStone_1
    Ver mais
    JOSS STONE
  • JamesArthurMV2020_1
    Ver mais
    JAMES ARTHUR
  • LiamPayneMV2020_1
    Ver mais
    LIAM PAYNE
Festivais
Festival MEO Marés Vivas
Sons do Mar
Quem gostaria de ver ao vivo em Portugal?

Arquivo

HMBMV20192_2
HMB
Comprar Bilhetes para HMB
21 de Julho | Festival Meo Marés Vivas

Já eram amigos e já todos tocavam com outras formações, quando em 2007 resolvem formar os HMB, à margem do projecto que mantinham na Igreja Envangélica. Era uma maneira de conseguirem explorar outros caminhos, para além dos que habitualmente tocavam na Igreja. Numa primeira gase, esta reunião serviu de pretexto para a banda poder participar em concursos de talentos "- Juntámo-nos para participar em concursos de bandas e ganhá-los", dizem em tom de brincadeira. E ganharam muitos, até que a brincadeira se tornou cada vez mais séria.

O primeiro disco homônimo foi lançado em 2012 e Dia D, o primeiro single, foi quase um sucesso imediato de rádio. Estavam apresentados os HMB: Soul e RNB, com um toque de jazz, funk e hip hop, sempre em Português e sempre com muito groove. As influências eram muito claras com a música negra norte Americana à cabeça: Al Green, Marvin Gaye, Stevie Wonder, Michael Jackson ou mais recentemente, os Roots, D'Angelo, Eryka Badu ou Common. 

"Sente", o segundo disco é editado no final de 2014. "Feeling", "Talvez" e o diversificado "Naptel Xulima", são so cartões de visita, que provam que o sucesso do primeiro disco não foi sorte - Os HMB não eram um fenómeno, mas uma certeza e uma banda preparada para fazer carreira. Neste Segundo disco, a banda explora sonoridades mais dançáveis e convida outros artistas para estabelecer novas parecerias criativas: Da Chick, Samuel Úria, Sir Scracth e DJ Ride, emprestam o seu talente a "SENTE".
Passam os meses seguintes na Estrada. Pisam os palcos de alguns dos maiores festivais portugueses - NOS Alive, Sol da Caparica, Avante ou as Festas do Mar em Cascais e para celebrar o fechar o ano esgotam o cinema Tivoli em Lisboa. 2015 foi o ano da confirmação!

2016 chega com um dueto improvável - ao Soul e RnB dos HMB, junta-se o Fado de Carminho e nasce "O Amor é assim" uma parceria há muito sonhada mas só agora concretizada e a prova que na música não há fronteiras, e não há mesmo! "O Amor é assim" tranforma-se no maior êxito dos Hmb até à data e o single de apresentação do terceiro disco que chegará no final do ano.
Em Maio os HMB, concretizam a sua primeira Tour Internacional com 5 datas em África: África do Sul, Zimbabué, Namibia, Botswana e Moçambique. Uma aventura que lhes trouxe experiências pessoais e profissionais muito enriquecedoras. O ano fecha com duas datas em Macau e o regesso a Angola.

Em 2017 surge MAIS, o terceiro disco da banda e com ele mais um ano repleto de conquistas: "O Amor é assim" ganha o Globo de Ouro para melhor canção, a Banda respresenta Portugal no Rock in Rio Brasil, "Não me leves a mal" em parceria com Jéssica Athayde e a Danone, transforma-se no primeiro videoclip live feito em Portugal e os concertos continuam a ser momentos únicos de celebração colectiva para públicos de todas as idades. Regressam ao Sol da Caparica como cabeças de cartaz, às Festas do Mar em Cascais, onde protagonizam a maior enchente do ano, feito que repetem no Festival F, em Faro.

A comemorar 10 anos de carreira, os HMB arrancam para 2018 como embaixadores de CASCAIS - Capital Europeia da Juventude e em Fevereiro deste ano, esgotam o Campo Pequeno, no concerto de celebração de "A Primeiro Década".

Links Oficiais:

https://open.spotify.com/artist/0zx5FDnRrsrqWHLg1ytMzD?autoplay=true&v=A 
https://www.facebook.com/hmbmusic/ 
Ver mais
StingMV20192_2
STING
Comprar Bilhetes para STING
21 de Julho | Festival Meo Marés Vivas
A Cherrytree Management, Live Nation e a PEV Entertainment confirmam que “Sting: My Songs” fará uma digressão pela Europa no próximo verão, com apresentações muito especiais em festivais e concertos, incluindo um regresso ao Festival Meo Marés Vivas em Vila Nova de Gaia, Portugal, no dia 21 de Julho. Datas adicionais da turné serão anunciadas em breve.


“Sting: My Songs” será um espetáculo dinâmico e animado, focado nas mais amadas músicas escritas por Sting que abrangem a prolífica carreira de vencedor de prémios Grammy por 16 vezes com The Police e como artista a solo. Os fãs vão poder ouvir “Englishman In New York,” “Fields Of Gold,” “Shape Of My Heart,” “Every Breath You Take,” “Roxanne,” “Message In A Bottle” e muitas mais, com Sting acompanhado por um conjunto de rock elétrico.


Sting: My Songs irá apresentar-se no Festival Meo Marés Vivas a 21 de julho, com bilhetes à venda a partir de segunda-feira, 03 de Dezembro às 9:00. Os preço dos bilhetes para o festival em 2019 é de 33 euros para bilhetes diários, 61 euros para passes gerais. Os bilhetes encontram-se disponíveis na Ticketline, na Blueticket, na FNAC, nos CTT e em masqueticket.es.

Os membros do Fã-Clube de Sting terão a oportunidade de ter acesso aos bilhetes em mercados selecionados, visitando www.sting.com.



SOBRE STING:

Compositor, cantor, ator, autor e ativista, Sting nasceu em Newcastle, Inglaterra, antes de se mudar para Londres em 1977 para formar os The Police com Stewart Copeland e Andy Summers. A banda lançou cinco álbuns de estúdio, ganhou seis prémios Grammy e dois prémios Brits, e foi introduzida no The Rock and Roll Hall of Fame em 2003.

Sendo um dos artistas solo com mais dintinção em todo o mundo, Sting recebeu mais 10 prémios Grammy, dois Brits, um Globo de Ouro, um Emmy e quatro nomeações aos Oscars (incluindo a nomeação de 2017 para “The Empty Chair” de JIM: THE JAMES FOLEY STORY) , uma nomeação para os prémios TONY, o prémio Century da revista Billboard e o prémio Personalidade do Ano de 2004 da MusiCares. Também um membro do Hall da Fame dos Compositores, Sting foi premiado com o Kennedy Center Honors, com o The American Music Award of Merit e o prémio da Polar Music. Além disso, Sting foi premiado Honorary Doctorates of Music pela Universidade de Northumbria (1992), Berklee College of Music (1994), Universidade de Newcastle upon Tyne (2006) e Brown University na 250º cerimónia de formatura (2018).

Após o seu aclamado álbum, “57th & 9th”(a primeira coleção rock / pop de mais de uma década), Sting e a estrala da música reggae, Shaggy, lançaram um álbum em colaboração, um álbum influenciado pela ilha, intitulado “44/876”, que espelha as diversas colaborações musicais ao longo da sua carreira, que é característica da sua música. Com o título que faz referência aos códigos do seu país natal, 44/876, primeiramente homenageiam o amor pela Jamaica: a terra natal de Shaggy e o lugar onde Sting escreveu clássicos como "Every Breath You Take".

No verão de 2018, Sting e Shaggy embarcaram numa turné por vários locais históricos, onde os dois vencedores dos Grammy atuaram os seus maiores êxitos bem como músicas do novo álbum juntos, integrando membros das respectivas bandas. A tour 44/876 World também passou pela América do Norte, América do Sul e Europa Oriental.

Ao longo da sua ilustre carreira, Sting vendeu perto de 100 milhões de álbuns do seu trabalho com os The Police e como artista a solo.
Sting apareceu em mais de 15 filmes, foi produtor executivo do criticamente aclamado filme “Um Guia para Reconhecer Seus Santos” e, em 1989, entrou na Brodway no “The Threepenny Opera”. O seu projeto teatral mais recente foi o musical nomeado para os TONY “The Last Ship”, inspirado nas memórias que tinha da comunidade de construção naval de Wallsend, no nordeste da Inglaterra, onde nasceu e cresceu. O espetáculo, que conta com música e letra de Sting, estreou na Broadway em 2014/2015 e realizou uma turné teatral pelo Reino Unido que aconteceu entre Março e Julho de 2018. No próximo ano, Sting terá o papel de Jackie White (capataz do estaleiro) na produção baseada em “The Last Ship” em Toronto no Princess of Wales Theatre de 9 de Fevereiro a 24 de Março de 2019.

O apoio de Sting a organizações de direitos humanos, como a Rainforest Fund, a Aministia Internacional e o Live Aid, reflete o alcance universal da sua música. Juntamente com a esposa Trudie Styler, Sting fundou a Rainforest Fund em 1989 para proteger as florestas tropicais do mundo e os povos indígenas que vivem nas mesmas. Juntos, realizaram 18 concertos de benefeciênica para arrecadar fundos e consciencializar as pessoas sobre os recursos do nosso planeta que se encontram em permanente ameaça. Desde a sua fundação, o Rainforest Fund expandiu-se numa série de organizações interconectadas que trabalham em mais de 20 países em três continentes.


SOBRE A CHERRYTREE MUSIC COMPANY:

Fundada em 2005 pelo produtor / compositor nomeado para um Grammy Martin Kierszenbaum, a Cherrytree Music Company faz a gestão, gravação e edição de uma série de artistas, produtores e mixers que impulsionam o criativo na música popular. A Cherrytree teve um impacto indelével no cenário musical, como gerência do celebrado músico e ícone cultural Sting até o lançamento dos dois primeiros álbuns de Lady Gaga. A Cherrytree Music Company lançou os recordes artísticos e inovadores dos Feist, Ellie Goulding, Robyn, Roux, LMFAO, Far East Movement e Disclosure e vendeu mais de 35 milhões de unidades. Ao longo dos anos, a Cherrytree Music Company tornou-se uma fonte vital da música pop e como catalisadora na colaboração e inovação de artistas. Para mais informações sobre a Cherrytree Music Company, visite https://soundcloud.com/cherrytree-radio/cherrytree-records-10th-anniversary-special
Ver mais
Morcheeba2
MORCHEEBA
Comprar Bilhetes para MORCHEEBA
21 de Julho | Festival Meo Marés Vivas
Skye Edwards e Ross Godfrey, vocalista e guitarrista respectivamente dos Morcheeba, são a terceira confirmação para o MEO MARÉS VIVAS e sobem ao palco MEO, a 21 de Julho.

A dupla que faz parte dos Morcheeba, vivem agora sob a designação “Skye e Ross from Morcheeba”. A banda formada em 1995 e inicialmente composta também pelo irmão de Ross, editaram 9 álbuns e venderam mais de 10 milhões de cópias em todo o mundo.
Skye é portadora de uma das vozes mais reconhecíveis do planeta que acompanhada pela guitarra psicadélica de Ross é uma verdadeira experiência inesquecível e fascinante.

Naquele que será o último dia do festival, os Morcheeba levam até ao MEO MARÉS VIVAS aqueles que serão os seus êxitos de sempre, assim como as novas canções.

Info artista:
https://twitter.com/morcheebaband
https://www.facebook.com/MorcheebaBand
https://www.instagram.com/morcheebaband/
https://soundcloud.com/morcheeba
https://open.spotify.com/artist/6bWxFw65IEJzBYjx3SxUXd


BILHETES JÁ À VENDA NOS LOCAIS HABITUAIS
O preço dos bilhetes para a edição de 2019: 
- Bilhete Diário: 33.00 eur 
- Passe Geral: 61.00 eur  
- Passe Geral VIP: 150.00 eur  

Locais de venda: Ticketline, Blueticket, FNAC, CTT, Masqueticket.com

Ver mais
TIAGOMV2019_2
TIAGO NACARATO
Comprar Bilhetes para TIAGO NACARATO
21 de Julho | Festival Meo Marés Vivas

Tiago Nacarato é um cantautor portuense de 27 anos com raízes brasileiras e com um contacto com a música desde cedo.

Aos 18 anos decide investir na sua educação musical ao inscrever-se na escola de música Valentim de Carvalho onde teve aulas de canto, guitarra, treino auditivo, teoria musical e combo. Durante esse tempo surgiram as primeiras oportunidades, sendo que um dos marcos mais importantes vem na sequência o convite de Pedro Cardoso (Peixe de Ornatos Violeta), seu professor na altura, para integrar uma orquestra de guitarras e baixos elétricos, projeto esse que pisou palcos como Serralves em Festa, Hard Club ou Casa da Música.

O regresso às raízes brasileiras acontece uns anos depois quando se junta à orquestra bamba social como vocalista, um projeto que junta músicos luso-brasileiros residentes no Porto e que presta tributo a vários clássicos da música brasileira, recriando-os e acrescentando novas sonoridades.

De momento encontra-se em estúdio a produzir o seu primeiro disco de originais e conta já com alguns concertos em território nacional, bem como a estreia no Brasil, em Outubro, com concertos em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O primeiro single, “A Dança” foi apresentado em Abril deste ano.

Informação adicional:

https://open.spotify.com/artist/3mwYj8Nb9VZbAnLpli7l8X?autoplay=true&v=A

https://www.instagram.com/tiago_nacarato/?hl=pt
Ver mais
CarlaoMV20192_2
CARLÃO
Comprar Bilhetes para CARLÃO
20 de Julho | Festival Meo Marés Vivas

Carlão, que vai pela primeira vez ao MEO MARÉS VIVAS, sobe ao Palco MEO no dia 20 de Julho e vai pôr toda a gente a dançar.

Filho de pais Cabo Verdianos, Carlos Nobre Neves nasceu em Angola, tendo viajado para Portugal no mesmo ano do seu nascimento, 1975.  

Sob o pseudónimo “Pacman”, entre 1993 e 2009, foi um dos vocalistas e o principal letrista dos “Da Weasel”, a mítica banda de Almada.  

Após o término dos “Da Weasel” gravou dois discos com “Os Dias De Raiva” (em 2010 e 2011), banda trash/hardcore, e logo a seguir embarcou no projecto “Algodão”, viagem intimista onde a música serviu de suporte para textos de cariz bastante pessoal, quase sempre ditos. Com “Algodão” gravou também dois discos, em 2011 e 2012.  

No final de 2013 entra em estúdio com Fred Ferreira e Regula, que sob o seu nome de sempre - Carlão -, grava o disco “5-30”, editado em 2014 e que marca um regresso a sonoridades mais próximas do Hip-Hop e daquilo que tinha feito com os “Da Weasel", ao mesmo tempo que devolve a sua voz ao circuito de concertos em palcos grandes. Nesse mesmo ano começa a gravar “Esquadrão Do Amor”, programa televisivo do Canal Q criado e apresentado por Ana Markl, onde faz parte do painel de comentadores juntamente com Cláudio Ramos e São José Correia/Marta Bateira. 

Em 2015, ano em que completa quarenta anos de idade, Carlão edita um álbum em nome próprio justamente intitulado “Quarenta”, e o sucesso do primeiro single “Os Tais”, bastante tocado pelas rádios mais ouvidas do país, torna-o imediatamente requisitado para uma intensa agenda de concertos.  

No primeiro trimestre de 2016 lança (em edição digital) o EP “Na Batalha” com o tema-título como single, sendo este o mote para a sua digressão nesse ano. Juntamente com Boss Ac criou o tema-genérico do programa de cariz sociológico “E Se Fosse Consigo” da SIC, da autoria de Conceição Lino e que foi líder de audiências, tendo granjeado vários prémios e menções honrosas na comunicação social.  

Em 2017, desenvolve “Livres & Iguais”, um projeto pedagógico de promoção da Interculturalidade, em parceria com a empresa Betweien, cristalizado num livro que já vai na sua segunda edição, tendo recebido para a mesma o selo de qualidade e reconhecimento do Plano Nacional de Leitura. 

Após desvendar “Agulha no Palheiro” e “Viver Pra Sempre” ainda em 2017, Carlão apresenta em 2018 o single “Contigo” (produzido por Branko e Pedro), antes de finalmente editar o álbum “Entretenimento?”.   

O mais recente disco conta com várias participações de relevo, tais como Manel Cruz, António Zambujo, Slow J, Holly, Nelson Correia e Edi Ventura. Depois de VHILS ter assinado a capa de “Quarenta”, coube a Miguel Januário aka ±MAISMENOS± a responsabilidade do design da capa de “Entretenimento?” 

Ainda em 2018, colabora com os Xutos & Pontapés em “Duelo Ao Sol”, tema principal da banda sonora do filme “Linhas de Sangue”  e junta-se a Moullinex e a Silk  ( Cais Sodré Funk Connection ) para assinar a música do genérico da novela da SIC “Alma e Coração”. 

Já em 2019, a música “Entretenimento” ganha uma nova dimensão num vídeo com autoria de Fernando Mamede, realizador que integra a equipa da Krypton Films. 

Partindo de uma crítica sarcástica aos códigos da sociedade atual e ao nosso papel na mesma, o músico veste a pele do personagem maior do mundo do entretenimento, o palhaço. 

E é já no dia 20 de Julho que sobe ao maior palco do MEO MARÉS VIVAS.

  

BILHETES JÁ À VENDA NOS LOCAIS HABITUAIS

O preço dos bilhetes para a edição de 2019:

- Bilhete Diário: 33.00 eur

- Passe Geral: 61.00 eur 

- Passe Geral VIP: 150.00 eur 

Locais de venda: Lojas MEO, meo.pt, Ticketline, Blueticket, FNAC, CTT, Masqueticket.com

Ver mais
OrnatosMV20192_2
ORNATOS VIOLETA
Comprar Bilhetes para ORNATOS VIOLETA
20 de Julho | Festival Meo Marés Vivas
Ornatos Violeta celebram ao vivo o 20º aniversário de “O Monstro Precisa de Amigos” no MEO Marés Vivas

Para comemorarem o 20º aniversário da edição de “O Monstro Precisa de Amigos” em 2019, os Ornatos Violeta decidiram brindar o público, com um curto regresso aos concertos, para a interpretação integral da sua obra seminal e sobem ao palco do  MEO Marés Vivas, a 20 de Julho.

Editado a 22 de Novembro de 1999, “O Monstro Precisa de Amigos”, o segundo e último álbum de originais dos Ornatos Violeta, superou as expectativas criadas pelo disco de estreia, “Cão!”, e confirmou o talento de Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados) na composição de canções intemporais que, ano após ano, continuam a ser descobertas, recuperadas ou interpretadas  pelas gerações mais novas. É o caso de "Capitão Romance” — que conta com o convidado especial Gordon Gano, dos Violent Femmes, uma das maiores referências dos Ornatos Violeta, a cantar em português —, ”Chaga", "Dia Mau" ou "Ouvi Dizer” — com a participação especial e inolvidável de Vítor Espadinha —, verdadeiros tesouros do cancioneiro nacional.

Produzido por Mário Barreiros, “O Monstro Precisa de Amigos” foi o habitual “difícil segundo disco” que acabaria por se revelar o magnum opus da banda, quer a nível comercial, atingindo a marca de Platina quer, sobretudo, na recepção pelos fãs e crítica especializada, com a BLITZ a considerá-lo o terceiro Melhor Álbum Português editado nos anos 90 e um dos 25 melhores álbuns portugueses editados entre 1960 e 2000.

Formados no Porto em 1991, os Ornatos Violeta estiveram em actividade perto de uma década, durante a qual conquistaram o estatuto de banda de culto, graças aos dois álbuns editados e às suas intensas prestações em concerto. Em 2002 anunciaram a separação, regressando em 2012 para a celebração dos 20 anos da sua formação, com oito concertos especiais. Em 2019 voltam, para comemorar mais um marco, porque, 20 anos depois, “O Monstro (ainda) Precisa de Amigos”.

BILHETES JÁ À VENDA NOS LOCAIS HABITUAIS
O preço dos bilhetes para a edição de 2019: 
- Bilhete Diário: 33.00 eur 
- Passe Geral: 61.00 eur  
- Passe Geral VIP: 150.00 eur  
Locais de venda: Ticketline, Blueticket, FNAC, CTT, Masqueticket.com


Ver mais
MandoDiaoMV2019_2
MANDO DIAO
Comprar Bilhetes para MANDO DIAO
20 de Julho | Festival Meo Marés Vivas

MANDO DIAO ao vivo a 20 de julho no Palco MEO

Os suecos Mando Diao são a primeira confirmação internacional para o Palco MEO no dia 20 de julho do MEO MARÉS VIVAS’19.

Desde 2002 lançaram sete álbuns de estúdio e venderam mais de 1,5 milhões de cópias em todo o mundo. Ao longo da sua carreira já deram mais de 1500 concertos em mais de 30 países e têm sido cabeças de cartaz em grandes festivais espalhados por todo o mundo.

No Youtube os seus vídeos tornaram-se virais com dezenas de milhões de visualizações. Lançaram  ainda um lado B e uma coleção de Greatest Hits e um MTV Unplugged Álbum, assim como um DVD. 

Podemos dizer que muitas bandas contemporâneas vão e vêm, mas os MANDO DIAO continuam a alcançar novos patamares e com isso a redefinir a música pop.

Seguiram sempre o seu próprio caminho, com uma visão artística sem que a estrada fosse reta ou estreita e foram testando novos territórios. Foram pioneiros ao testar novas tecnologias.

São conhecidos pelo som clássico do Rock and roll e não escondem que para eles a música é uma arte, onde tocam vários instrumentos, são produtores e compositores das suas próprias canções.

No dia 20 de julho teremos um concerto épico, com uma explosão de energia e um catálogo diversificado de hits e músicas inesperadas no palco MEO.

MAIS INFO:
https://www.mandodiao.com/ 
https://www.facebook.com/mandodiaomusic
https://www.youtube.com/user/MandoDiao
https://www.instagram.com/mandodiaomusic/

BILHETES JÁ À VENDA NOS LOCAIS HABITUAIS

O preço dos bilhetes para a edição de 2019: 
- Bilhete Diário: 33.00 eur 
- Passe Geral: 61.00 eur  
- Passe Geral VIP: 150.00 eur  

Locais de venda: Ticketline, Blueticket, FNAC, CTT, Masqueticket.com

Ver mais
DonbrocoMV2019_2
DON BROCO
Comprar Bilhetes para DON BROCO
20 de Julho | Festival Meo Marés Vivas

SÁBADO 20 PALCO MEO
Os Don Broco são uma banda de rock alternativo formada em 2008 em Bedfordshire.

O quarteto é composto pelo vocalista Rob Damiani, o guitarrista Simon Delaney, o baixista Tom Doyle e o baterista Matt Donnely. Já tocaram em inúmeros festivais do Reino Unido, incluindo o Camden Crawl, o Boardmasters, o Underage, o Sonisphere, Slam Dunk e o Reading.

Foi a 14 de fevereiro de 2011 que lançaram o seu primeiro mini álbum de estreia “Big Fat Smile”, tendo recebido criticas excelentes e começando a atrair a atenção dos fãs. Sendo que o álbum completo “Priorities” só saiu em agosto de 2012.

As suas influências são facilmente reconhecidas através de Young Guns e Funeral for a Friend. No verão de 2013 lançam o single “You Wanna Know” que chegou ao top 40 da UK Singles Chart.

Em 2015 fazem uma tourné europeia com os Bring Me the Horizon e dão ainda apoio aos 5 Seconds of Summer.

Informação adicional:
https://www.donbroco.com/
https://twitter.com/DONBROCO
https://www.instagram.com/donbroco/
https://itunes.apple.com/artist/don-broco/id307317604
https://open.spotify.com/artist/1aOt6LvXOV6I8dv1A5Diia
Ver mais
© 2010 PEVENTERTAINMENT Todos os direitos reservados
Powered By Wiremaze